Compartilhe

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Sugestão de Músicas para Missa do 01º Domingo do Advento - Ano B - 27-Nov-2011

Sugestão de Músicas para Missa do 01º Domingo do Advento - Ano B - 27-Nov-2011

- Vigiai diz Jesus, pois não sabeis quando o dono da casa voltará -

Irmãos, A Paz de Jesus e o Amor de Maria!

Como meditação litúrgica desta semana, estou colocando um artigo de John Nascimento que abrange bem o nosso foco que é o advento. Lembrando que assim como o período da quaresma, estamos entrando num tempo de reflexão, meditação e espera. Por isso tocamos músicas mais leves, sem muito ritmo guardando as músicas mais alegres e festivas para o dia do Nascimento de Jesus, no Natal. Por isso também neste tempo omitimos o Hino de Louvor e o Aleluia nas Aclamações ao Evangelho.

Pax et Bonum

Rogério



 1º DOMINGO DO ADVENTO -  ANO  B !
 John  Nascimento

           
 
            O Redentor prometido era considerado como uma luz de Esperança, vinda do Nascente, para o Povo de Israel e para todo mundo, especialmente numa altura em que a Palestina era governada pelo Império Romano.
 
             A Liturgia da Palavra deste 1º Domingo do Advento – B é a revelação do cumprimento da Promessa do Redentor, dum Deus que vem como Redentor e cuja chegada vamos celebrar brevemente, no dia de Natal.
            Após um longo período de preparação, durante o qual os Profetas reacenderam e mantiveram viva  a esperança dos homens na promessa divina dum Salvador, ele vai brevemente nascer em Belém.
            Com este anúncio se alerta a humanidade para uma vida nova que vai começar, que cresce no coração dos cristãos, se manifesta na caridade e atinge a sua plenitude, quando da Sua vinda gloriosa no fim dos tempos.
            Viver o Advento que hoje mesmo se volta a repetir, é iluminar a nossa existência com a fé, é transformar as nossas vidas, num esforço de conversão, para acolhermos o Senhor e para ajudarmos todos os nossos irmãos a acolhê-l’O connosco.                      
            Na 1ª Leitura é o profeta Isaías que nos diz que o cristão, consciente da sua extrema impotência para se libertar, põe toda a sua esperança em Deus, pois sabe que Ele é nosso Pai e nosso Redentor e que a sua paternidade se manifestará pela mediação da natureza humana de Seu Filho.
            - “Vós, Senhor, sois nosso Pai ! “Nosso Redentor” é, desde sempre, o Vosso nome”.(1ª Leitura).
            Inserido em Cristo pelo Batismo, o cristão deve ser, por seu lado, um sinal de paternidade e da redenção de Deus, num mundo dominado pelo mal e ameaçado pelo terrorismo mais desumano.
            Por isso, no Salmo Responsorial nós pedimos :
            - “Senhor, nosso Deus, fazei-nos voltar, mostrai-nos a Vossa face e seremos salvos”.
             Na 2ª Leitura é S. Paulo que diz aos Coríntios, e hoje também a todos nós, que a acção sobrenatural de Deus foi extraordinária em nós, como o foi entre os Coríntios.
            Chamados por Deus a participar da vida de Cristo, Filho de Deus, incorporados n’Ele como Seus membros, fomos enriquecidos de todos os dons e graças.
            - “Graças e Paz vos sejam dadas, da parte de Deus, nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo. Dou contínuas graças por vós ao meu Deus, pela graça divina que vos foi concedida em Cristo Jesus”.(2ª Leitura).
             Os dons de Deus, porém, não salvam duma vez para sempre, são um “fermento”, destinado a “crescer”, a desenvolver-se, até à manifestação gloriosa de Cristo e da Igreja.
            Por isso a nossa fé, para se manter sólida, e a nossa vida para se tornar irrepreensível, exigem uma atitude de combate.
            A fidelidade de Deus está-nos assegurada.
            O Evangelho é de S. Marcos e diz-nos que a Vigilância deve ser um dever dos pastores, encarregados como Pedro, de vigiar e confirmar a fé dos irmãos, deve caraterizar toda a existência cristã.
            - “Acautelai-vos, estai alerta, pois não sabeis quando é o momento(...). Vigiai, portanto, pois não sabeis quando chega o dono da casa...”.(Evangelho).
             O Senhor já veio, mas Ele vem continuamente.
            É preciso saber descobrir a Sua presença  nos acontecimentos e nos homens.
            É preciso transformar o tempo presente em tempo de atividade evangélica, a fim de que, quando Ele vier, de improviso “sobre as nuvens do céu”, a colheita do reino seja abundante.
            “O mundo apresenta-se hoje ao mesmo tempo poderoso e fraco, capaz de fazer o melhor e o pior, enquanto diante dele se abre o caminho da liberdade ou da escravidão, do progresso ou enfraquecimento, da fraternidade ou do ódio”.(GS 9).
             O cérebro electrónico oculta talvez nos seus  lóbulos mecânicos a solução de todos os problemas que angustiam o homem da nossa civilização : as relações trabalho-lazer, produção-consumo, riqueza-pobreza, fecundidade-esterilidade, progresso técnico-progresso social, autoridade-liberdade...serão talvez resolvidas por um certo cartão perfurado...
            Nasce aos nossos olhos um novo mundo  ordenado e esterilizado, criado por um homem em plena posse dos seus meios inteletuais e técnicos.
            Que necessidade haverá então de um Redentor ?
            Para remir o quê ?
            ...Essa ideia é o resultado de um ingénuo otimismo; cada dia o homem se apercebe que está de novo a construir outra “Torre de Babel”, como um trabalho frenético sobre as areias movediças da divisão, do pecado e da morte.
            O cristão verdadeiro ainda reconhece Deus como Pai e Redentor, e afirma que não é pssível a libertação do pecado e do mal sem a intervenção de Deus.
            Mas desde que o Pai enviou seu Filho ao mundo, esse mesmo cristão não espera mais os prodígios de um Deus que restabelece a ordem, ficando de fora; sabe que o Redentor colabora com o homem e dá à sua inserção no mundo um significado de salvação.
            - “Porque, como afirma S.Paulo,  em todas as coisas fostes enriquecidos n’Ele, em toda a palavra e em toda a ciência”.(1 Cor,1,5).
             Se é assim que Deus vem, então torna-se evidente qual deve ser a nossa atitude : abandonar-nos a Deus, dispor a nossa vida na linha do serviço e da colaboração com o seu plano; não nos prendermos ao que é antigo e ultrapassado; estarmos prontos para a perene novidade de Deus; não nos deixarmos adormecer, mas vigiarmos com amor para O reconhecer na sua contínua vinda.
            Na sua vinda definitiva, quando tiver terminado a nossa aventura de “pobres”, ser-nos-á revelada a sua verdadeira face e  nos será dada a plena comunhão de vida com o nosso Deus, o Pai do Senhor Jesus  Cristo.
            Estar sempre preparado, é essencial para o cumprimento do plano da História da Salvação.
                     .....................................................
             O Catecismo da Igreja Católica também nos recomenda a paternidade de Deus e a necessidade da vigilância :
            2742. – «Orai sem cessar»(1 Tes.5,17), «dai sempre graças por tudo a Deus Pai, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo» (Ef.5,20), «orai em todo o tempo em união com o Espírito Santo, por meio de toda a espécie de orações e de súplicas. Por isso vigiai com inteira perseverança e com preces por todos os cristãos».(Ef.6,18)...


Entrada: 
Como Sol nasce da aurora - Liturgia VIII - Paulus
Audio e Cifra

Das alturas orvalhem os céus - Católicas
Audio e Cifra
 
Alegrai-vos, Ele está bem perto - CNBB - Liturgia VIII
Audio e Cifra

Visitai Senhor nossa vinha - CNBB - Liturgia VIII
Audio e Cifra

O Senhor virá libertar o seu povo - CNBB - Liturgia VIII
Audio e Cifra

Tempo de Advento - Pe. Zezinho
Audio e Cifra

É Tempo do meu advento (Isaias)- Católicas
Audio e Cifra

Quando Virá o dia Senhor - CNBB - Liturgia VIII
Audio e Cifra

Eis que longe vem o Senhor - CNBB - Liturgia IV
Audio e Cifra

Vigia esperando aurora - Monsenhor Jonas Abib - cd. Só pra Você
Audio e Cifra

Vigiai eu vos digo - Hinário CNBB - cd. Liturgia IV
Aúdio e Cifra

Ouve-se na terra um grito - Hinário CNBB - cd. Liturgia IV
Audio e Cifra

Vem Senhor, vem nos salvar - Hinário CNBB - cd. Liturgia B
Audio e Cifra

Ele virá - Mensagem Brasil - cd. 1999
Cifra e Audio


Ato Penitencial:
Kyrie Eleison - Nando Mendes - cd. Teu amor me cura
Audio e Cifra

Hino de Louvor:
Omite-se

Aclamação:
As Palavras do Teu Precursor - Alguém está nascendo
Audio e Cifra

Reunidos em grande oração - CNBB cd. Alguém está nascendo
Audio e Cifra

Envia Tua Palavra - Católicas
Audio e Cifra

Preparai o Caminho - Monsenhor Jonas Abib - cd. Não dá mais pra voltar
Audio e Cifra

Ofertório:
Pão e vinho apresentamos com louvor - Católicas
Audio e Cifra

Senhor aceita nosso vinho e nosso pão - CNBB - cd. Alguem está nascendo
Audio e Cifra

Santo:
Santo é o Senhor - Tom Dm
Audio e Cifra

Paz:
A Paz esteja contigo - Adoradores em Verdade
Cifra e Audio

Comunhão:
Vem eu mostrarei - Valdeci farias
Cifra e Audio

Deus Conosco - Emanuel - Pequenos Cantores de Apucarana - cd. mestre onde estás?
Audio e Cifra

Pós-Comunhão:
Maranatha, Vem Senhor Jesus -Pe Joãozinho - cd. Louvores para Grupos de Oração 2
Audio e Cifra

Estás Assentado - Vera Lúcia - cd. Luz
Cifra e Audio

Que santidade de vida - Monsenhor Jonas Abib - Show Como é Linda a Nossa Família
Cifra e Audio

Eu voltarei - Mensagem Brasil - cd. Frutos
Cifra e Audio

Final:
Nova Jerusalém - Adriana - Mais Feliz
Audio e Cifra


Principio e Fim - Padre Zeca - cd. Simplesmente Dez
Cifra e Audio

Então se verá
Cifra e Audio

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...