Compartilhe

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Cristo: Advento e Liturgia


Cristo: Advento e Liturgia
Fonte: Lista Exsurge Domini
Autor: Padre Robson

Jesus Cristo é rei porque é o único mediador da Salvação de toda a criação. Nele todas as coisas encontram seu acabamento, sua verdadeira subsistência, segundo o desígnio criador de Deus.

Deus continua a criar por meio do amor, e toda a criação é chamada, no homem, a participar de sua vida divina, a entrar em sua Família.

Este desígnio de amor só se realiza no envio do Homem-Deus, porque só o Homem-Deus é capaz, em sua humanidade, de fazer entrar na Família do Pai.
Se tal é o desígnio criador de Deus, é em Jesus Cristo que toda a criação encontra o ponto de apoio de sua subsistência definitiva.

Neste sentido, Jesus é a imagem de Deus invisível, e a realização do desígnio criador depende unicamente dele.

Mas,uma vez que a criação se separou de seu Deus por causa do pecado, a realeza de Jesus Cristo assume o aspecto de uma reconciliação universal que ele opera derramando seu sangue na Cruz.

Tempo do Advento


Andar no caminho traçado por Deus, sem se extraviar por caminhos tortuosos:"converter-se" para seguir a Jesus para o Reino do Pai.

Dar testemunho da alegria que Jesus Salvador nos traz,com a caridade afável e paciente para com os outros, com a abertura para todas as iniciativas de bem, através das quais já se constrói o Reino futuro na alegria sem fim.

Manter um coração pobre e vazio de si, imitando José, Maria, João Batista, e outros "pobres" do Evangelho, que,precisamente por isso, souberam reconhecer em Jesus o Filho de Deus que veio salvar os homens.

Participar da celebração eucarística neste Tempo do Advento significa acolher e reconhecer o Senhor, que continuamente vem ficar no meio de nós e segui-lo no caminho que leva ao Pai, a fim de que,com sua vinda gloriosa no fim dos tempos, ele nos introduza todos juntos no Reino, para faze-nos "tomar parte na vida eterna", com os santos do céu.

Liturgia


Nos domingos do Advento não se canta o hino Glória a Deus na Alturas; mas sempre se faz a profissão de fé: Creio em Deus Pai.

A cor litúrgica do Tempo do Advento é o roxo; para o III domingo (Gaudete) é permitido o uso da cor rosa.

A diferença de cores nas vestes litúrgicas tem por fim exprimir, também por meios externos, a característica particular dos mistérios da fé que são celebrados, e o sentido da vida cristã em caminho no decorrer do ano litúrgico.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...