Compartilhe

quinta-feira, 21 de abril de 2011

Sugestão para Missa do Domingo da Páscoa da Ressurreição do Senhor - Ano A - 24-Abr-2011



Sugestão para Missa do Domingo da Páscoa na Ressurreição do Senhor - Ano A - 24-Abr-2011
- Este é o dia que o Senhor fez para Nós -

O Senhor Ressucitou Aleluia! Aleluia!
Sim, estamos comemorando a vitória do Senhor sobre a morte, estamos livres da escravidão do pecado e hoje podemos escolher entra a santidade ou a condenação. Graças a Morte e Ressurreição de Nosso Senhor! Toda a Liturgia será voltada neste tema.

Estarei postando as músicas voltadas à Páscoa, a Ressurreição que poderão ser utilizadas nos próximos Domingos até a 8ª da Páscoa, Ascensão do Senhor. Irei apenas atualizando com alguns complementos de músicas mais especificas para as liturgias que virão.

Boa Páscoa a Todos! Que Jesus ressucitado, que vive para sempre, possa também viver e habitar em seu coração e em sua vida.

Abaixo transcrevo o ótimo texto de John Nascimento a respeito do Primeiro Domingo da Páscoa

Espero ter ajudado e deixem os comentários para melhorarmos ainda mais nosso Blog.

Pax et Bonum

Rogério T. Hirota
Ministério Ressurreição - Jacareí - SP

DOMINGO DE PÁSCOA DA RESSURREIÇÃO DO SENHOR - ANO A !

A Liturgia da Palavra do Domingo de Páscoa na Ressurreição do Senhor - A, B, e C, é toda voltada para o Mistério Pascal.
Neste tempo Pascal, as Leituras do Antigo Testamento, são substituídas pelos Actos dos Apóstolos em que S. Lucas fala de Jesus Ressuscitado e da vida da primeira Comunidade Cristã.
Cristo ressuscitou !

Hoje é a festa das festas, o dia por excelência de «Cristo Senhor», em que Ele, depois de ter passado pela morte, para conhecer tudo o que ela
encerra de dor e humilhação, triunfou das trevas da morte, para nunca mais morrer.
Com a Páscoa nasce o novo Povo de Deus, A Igreja, pela qual Cristo, entrado agora num novo modo de existência, continua presente no meio do mundo, especialmente pela acção pascal dos Sacramentos e pelo dom do Espírito Santo.
Baptizados na Morte e Ressurreição de Jesus, começámos a «caminhar numa nova vida».

Este nosso caminhar, este nosso «Êxodo», esta nossa «Páscoa», que tem a duração da nossa existência, exigem de nós esforço, generosidade e
sacrifício.Ressuscitados com Cristo, temos, pois, de levar uma vida de ressuscitados.

A 1ª Leitura, diz-nos que Pedro, diante dos pagãos, em casa do Centurião Cornélio, anuncia o que já lhes havia chegado aos ouvidos : Cristo
Ressuscitou !.
E, completando aquela «boa notícia», garantindo, com o seu testemunho pessoal, a verdade dos acontecimentos daqueles dias, o Apóstolo explica-lhes o que eles querem dizer :
- “E nós somos testemunhas de tudo o que Ele fez no país dos Judeus e em Jerusalém, Ele, a quem deram a morte, suspendendo-O num madeiro”.(1ª Leitura).
Jesus de Nazaré, homem que viveu como eles e com Quem Pedro convivera, não é um simples homem.Ele é o Messias, o Filho de Deus, como o demonstrou pelos milagres, por ele mesmo presenciados, e sobretudo pelo milagre definitivo – a Ressurreição, com que se alegra e canta o Salmo Responsorial :
- “Eis o dia que fez o Senhor, nele exultemos e nos alegremos” !

Na 2ª Leitura é S. Paulo que diz aos Colossenses, e hoje também a todos nós, que ressuscitámos com Cristo e que temos que aspirar às coisas do
alto :
- “Uma vez que ressuscitastes com Cristo, aspirai às coisas do alto, onde Cristo Se encontra, sentado à direita de Deus”.(2ª Leitura).
Pelo seu Baptismo, o cristão morreu para o pecado e ressuscitou com Cristo para uma vida nova.Desde esse momento, recebeu a missão de, à semelhança de Cristo, conduzir os homens e todas as coisas para o Pai.Feito nova criatura pela Ressurreição de Cristo, o cristão viverá a vida de cada dia, sem perder de vista o fim superior para que foi criado.

O Evangelho de S. João conta-nos a grande surpresa do túmulo vazio, no primeiro dia da semana :

- “No primeiro dia da semana, Maria Madalena foi de manhãzinha, ainda escuro, ao túmulo, e viu a pedra retirada do túmulo”.(Evangelho).
Depois Pedro e João, foram também testemunhas do facto, pois entraram e viram no chão o lençol e as ligaduras.S. João, para além de qualquer outra expectativa, acreditou na Ressurreição de Jesus :- “Viu e acreditou. Na verdade, ainda não tinham entendido a Escritura, segundo a qual Jesus devia ressuscitar dos mortos”.(Evangelho).
Para João não há qualquer outra hipótese senão a da verdade da Ressurreição de Jesus.A palavra hebraica Pesach, significa Páscoa, que foi originariamente a festa mais importante do Ano Litúrgico dos Judeus.
Comemorava a passagem do Anjo exterminador pelas casas dos hebreus, que matava todos os filhos primogénitos dos Egípcios, poupando os das casas dos hebreus assinaladas com o sangue do Cordeiro Pascal nas ombreiras das portas :
- Pelo meio da noite passarei através do Egipto, e todo o primogénito nascido no Egipto morrerá, desde o primogénito do Faraó que deveria ocupar o trono, até ao primogénito da escrava que faz girar a mó e todos os primogénitos dos animais.(Ex. 11,4-5).Quando se fala em Anjo exterminador faz-se referência ao extermínio dos Primogénitos, que consta da Décima Praga do Egipto e à instituição da Páscoa, conforme se pode ler no Livro do Êxodo :
- Quando o Senhor passar para flagelar o Egipto, ao ver o sangue na verga e nas duas ombreiras, passará adiante da porta e não permitirá que o exterminador entre nas vossas casas para ferir. (Êx.12,23). O exterminador é o anjo da morte, mencionado também no 2º Livro de Samuel (24,16); no Livro da Sabedoria (18,25) e na 1ª Epístola aos Coríntios (10,10). É o enviado do Senhor e personifica ordinariamente o mesmo Deus :
- É o sacrifício da Páscoa em honra do Senhor que, ferindo os egípcios, poupou as casas dos filhos de Israel no Egipto e poupou as nossas famílias. (Êx.12,27).
A Páscoa era celebrada ao pôr do Sol, no dia 15 do mês de Nissan :
- No mês de Abib cuida de celebrar a Páscoa em honra do Senhor, teu Deus, porque foi no mês de Abib que o Senhor, teu Deus, te fez sair do Egipto, durante a noite. (Deut. 16,1).Abib era o mês da espiga madura ou da Primavera que passou a chamar-se Nissan depois do exílio, e corresponde ao mês lunar de Março-Abril :
- "Este mês será para vós o primeiro mês, será o primeiro mês do ano.(Êx. 12,2).
O mês de que aqui se fala, corresponde à lua de Março-Abril, o Abib, ou o nome babilónico de Nissan depois do exílio.A Páscoa era celebrada no dia dos Ázimos, uma festa da agricultura que durava sete dias.Era imolado um cordeiro assado no fogo e comido com ervas amargas e pão sem fermento (Ázimo). (Êx.12/1 -28).Esta celebração era simbolizada pela atitude dos que nela tomavam parte, de pé, de cintura apertada e de bordão na mão, como quem estava preparado para lutar a todo o momento.

Pois esta festa da Páscoa era celebrada no tempo em que Jesus viveu e Ele celebrou-a com os seus discípulos algumas vezes e, na última vez que a
celebrou instituiu o Sacerdócio e a Eucaristia :
- “Enquanto comiam, tomou Jesus o pão e, depois de pronunciar a bênção, partiu-o e deu-o aos Seus discípulos, dizendo : "Tomai e comei: Isto é o Meu corpo". Tomou em seguida um cálice, deu graças e entregou-lho dizendo : "Bebei dele todos. Porque este é Meu sangue, sangue da aliança, que vai ser derramado por muitos para remissão dos pecados. Eu vos digo : não beberei mais deste produto da videira até ao dia em que o hei-de beber de novo convosco no reino de Meu Pai". (Mt. 26,26-29). (ver Mc. 14,22;Lc.22,14).

Na patrística e na exegese medieval, a Páscoa foi considerada como o tipo simbólico do sacrifício de Cristo na cruz e do sacrifício da
Eucaristia.Cristo ressuscitou !A Páscoa é dia de festa, é a Festa das festas, o Dia por excelência de «Cristo Senhor», em que Ele, depois de ter passado pela morte, triunfou das trevas da morte, para não mais morrer !Com a Páscoa nasce agora um Povo Novo, a Igreja, pela qual Cristo, continua presente no meio do mundo, especialmente pela acção pascal dos Sacramentos e pelo dom do Espírito Santo.
A Páscoa é assim fonte de alegria, de optimismo e de esperança para o cristão.
A Páscoa não nos introduz numa fase estática, de repouso, mas sim do dinamismo, que brota da vida da Ressurreição.Baptizados na Morte e Ressurreição de Jesus, começámos uma Nova Caminhada, um Novo Êxodo, uma Nova Páscoa que durarão por toda a nossa existência, e que exigirão de nós esforço, generosidade e sacrifício.Ressuscitados com Cristo temos de levar uma vida de ressuscitados !
......................................
Diz o Catecismo da Igreja Católica :
651 . – “Se Cristo não ressuscitou, então a nossa pregação não tem sentido e também não tem sentido a vossa fé” (1 Cor.15,14). A Ressurreição constitui, antes de mais, a confirmação de tudo quanto Cristo em pessoa fez e ensinou. Todas as verdades, mesmo as mais inacessíveis ao espírito humano, encontram a sua justificação se, ressuscitando, Cristo deu a prova definitiva, que tinha prometido, da sua autoridade divina.


SUGESTÃO DAS MÚSICAS PARA A MISSA

Entrada:
Ressucitou - Com. Shalom - cd. Ressucitou
Audio e Cifra

Porque Ele vive - Padre Zeca - cd. Deus é Dez
Cifra



Cristo nossa Páscoa - Liturgicas
Cifra



O Senhor Ressurgiu, aleluia - Liturgicas
Cifra



O Senhor Ressurgiu - Liturgicas
Cifra



Cristo Venceu Aleluia - Liturgicas
Cifra



Ele Vive e Reinará! - Ministério Adoração e Vida - cd. ao vivo
Cifra



Celebrai - Banda Louvor e Glória
Cifra



Dia de Celebração - Ítalo Villar - cd. Força da Fé
Cifra



Celebrai a Cristo - Corinhos - DR
Cifra




Ato Penitencial:
Senhor que Viestes Salvar - Padre Zeca - cd. Deus é Dez
Cifra e Audio

Senhor que viestes para perdoar - Com. Recado - cd. Cânticos para Missa
Cifra e Audio

Senhor Vós Sois o Caminho - Coral Palestrina
Cifra e Audio

Hino de Louvor:
Hino de Louvor - Com. Recado - cd. Canticos Para Missa
Cifra e Audio

Salmo:
Este é o dia - Com. Shalom - cd. Salmos
Cifra



Sequência Pascal:
Cantai Cristãos Afinal - Pe. Pe. José Weber, svd
Cifra



Aclamação ao Evangelho:
Resplandeceu - Shalom - Na Dança da Vida
Audio e Cifra

Como São Belos - Monsenhor Jonas Abib - cd. Só Pra Você
Cifra



Aleluia, o Senhor Ressurgiu - Liturgicas
Cifra



Ao ouvir Tua Voz - Shalom - cd. Ressucitou
Cifra



Aleluia, Nosso cordeiro Pascal - Liturgicas
Audio e Cifra

Aleluia, Alegria minha gente - Liturgicas
Cifra




Ofertório:
Tudo o que tenho - Em Nome do Pai
Audio e Cifra

Em Procissão vão o Pão e o Vinho - Liturgicas
Cifra



Sanctus:
Santo - Cantinho da Criança - cd. Festa Maior
Audio e Cifra

Abraço da Paz:
Bom e Agradável - Walmir Alencar - Onde está teu irmão
Audio e Cifra

É deste altar que nos vem a Paz - Liturgicas

Cifra

Aperte a Minha Mão - Monsenhor Jonas Abib
Cifra

Comunhão:
Tu nos Atraístes - Com. Shalom - cd. Ressucitou
Audio e Cifra

Aonde iremos nós - Agnus Dei
Audio e Cifra

Eu sou o Pão do Céu - Ítalo Villar - cd Deus Sonha com Você
Cifra



Pós-Comunhão:
Por Tuas chagas - Anjos de Resgate - cd. Ao vivo em Brasilia
Cifra



Seu Nome é Jesus - Rincão Padre Dé - cd. Por Amor
Cifra



Por Amor - Rincão Padre Dé - cd. Por Amor
Cifra



Por Amor - Anjos de Resgate - cd. Seja Luz
Cifra



Foi por Você - Anjos de Resgate - cd. Luz das Nações
Cifra



Final:
Aleluia, Hoje a Morte foi vencida
Cifra



Como nao falar do seu amor - Dunga - cd. Eletroacustico
Cifra



Sou Filho do Rei - Batista Lima - cd. Quero Tocar em Ti
Cifra




0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...